domingo, 31 de maio de 2009

Um desabafo



É possível você estar num lugar com mais de 30 mil pessoas e ainda assim se sentir a pessoa mais solitária do mundo? Sim é possível.

Ai essa sensação te toma, você começa a caminhar tentando de afastar da balburdia de pessoas gritando frente ao show de uma banda de meninos, buscando ainda mais o silêncio e recolhendo-se para dentro de si.

De repente você se vê numa escadaria, minutos depois avista o portão, no seu ouvido agora toca uma música de seu mp4, você continua a caminhar mais alguns minutos e alcança os portões, mas a massa de pessoas tentando entrar num espaço onde quase já não cabe mais ninguém é enorme, você luta e avança para fora. Senti um alivio tomar-lhe, mas mesmo assim aquela sensação de solidão ainda te enche e então começa a caminhar pela rua, contra a maré de pessoas e carros que avançam.

Você pensa: “Como podem estar tão alegres e animados quando você está se sentindo a pessoa mais sozinha do mundo?” Ao seu redor as pessoas riem, brincam, se beijão, mas nada disso te conforma e te alegra. A massa de rostos desconhecidos é enorme, e em nenhum deles você encontra um que lhe seja conhecido, onde possa buscar a paz do ancoradouro de uma tarde de mar bravio, abrigar-se sobre sua proteção e ali ficar até que tudo se acalme.

Quando você percebe, já estas algumas quadras, agora não mais tromba e desvia de pessoas e carros, a rua está semi vazia, a lua brilha no alto do céu. Ao observá-la seu pensamento vai longe, em busca da lembrança daqueles pelo qual senti carinho, aumenta o passo, para logo chegar a casa e se refugiar no seu mundinho, pois sabe que nele tudo é perfeito e que seus amigos nunca hão de te faltar, mas ainda assim a sua sensação de estar sozinha ainda persiste. Seu caminhar ainda leva mais alguns milhares de minutos até que enfim avista ao longe o seu habitat e pela primeira vez na noite esboça um sorriso.

Graças você venceu mais um dia de sua misera vida e agora dormirá para no dia seguinte acordar e dar de cara com os seus problemas e a primeira coisa que faz é ligar seu computador e escrever, para amenizar a sua dor e solidão.

3 comentários:

marina disse...

mas eu aposto que o sorriso já valeu a pena.

•.¸¸.ஐBruneLLa França disse...

Um sorriso é um feixe de luz emitido por um anjo... E eu sei como é se sentir só numa multidão, no mundo, enfim... Dói...

Beijos e borboleteios Deh
amo vc

Mony disse...

As vezes também me sinto só..as vezes quero ficar só a qualquer custo.

Parabéns pelo texto mágnifico e por ser uma pessoa tão especial, Déh ^^

Abraço e beijoo enoorme =*